Vitamina B12 (atualizado)

A Vitamina B12, também conhecida como Cobalamina, é uma vitamina não produzida pelo nosso organismo, é adquirida através da ingesta de alimentos de origem animal (leite, carne e ovos principalmente).

Qual a função da vitamina B12 no organismo?

Ela é essencial em diversas reações bioquimicas no corpo, está envolvida direta e indiretamente no metabolismo da homocisteína (aminoácido presente no sangue que está relacionada com surgimento de doenças cardiovasculares).

Quais são as alterações causadas pela deficiência de B12?

Os principais sistemas afetados pela deficiência da vitamina B12 são hematológico (anemia megaloblástica, redução de plaquetas), neurológico (danos progressivos no sistema nervoso central e periférico - ocasionando polineurites, déficits de memória, prejuízo cognitivo, demências e transtorno depressivo) e cardiovascular, principalmente por interferir no metabolismo da homocisteína (aumentando seus níveis - fator de risco para desenvolvimento de aterosclerose, aumentando chance de AVC e IAM por exemplo) e nas reações de metilação do organismo.

Muitas vezes a deficiência pode passar longo períodos assintomática, desencadeando uma deficiência crônica, podendo levar a manifestações neurológicas irreversíveis.

A tríade clássica fraqueza, glossite (inflamação da lingua) e parestesia (formigamentos).

Durante a gestação, a deficiência de vitamina B12 está associada a malformação fetal (defeito no tubo neural).

Grupos de risco à falta de vitamina B12

  • Vegetarianos, veganos e pessoas que consomem pouca quantidade de proteína animal;
  • indivíduos com 60 anos ou mais;
  • pessoas que realizaram gastrectomia/cirurgia bariátrica;
  • quem usa regularmente medicamentos que reduzem a acidez produzida pelo estômago (omeprazol por exemplo);
  • pessoas que usam de alguns medicamentos para diabetes, como a metformina;
  • portadores de doença de Crohn, colite ulcerativa, doença celíaca ou síndrome do intestino irritável;
  • mulheres com história de infertilidade e aborto.

Quais os valores normais no sangue?

Quando o exame é realizado, é possível observar nos valores de referência que o nível de vitamina B12 é considerado "normal" em uma faixa ampla, em média entre 200 - 890 pg/ml, no entanto, é bem estabelecido em estudos científicos que níveis de B12 entre 200 pg/ml e 350 pg/mL –  têm claros sintomas de deficiência de B12.

Alguns especialistas sugerem o tratamento de todos os pacientes que sejam sintomáticos e apresentem níveis de vitamina B12 inferiores a 450 pg/ml.

Como é feita a reposição da vitamina?

Existem vários esquemas terapêuticos conforme a individualidade do paciente.

O primeiro passo é identificar o mecanismo que causa a deficiência. A forma adequada de suplementação, a dose e a duração do tratamento serão escolhidas conforme as orientações profissionais.

A via de administração intramuscular é especialmente indicada em pacientes com dificuldade de absorção gastrointestinal, como nas seguintes situações: anemia perniciosa, história de cirurgia bariátrica, gastrectomia prévia, doença de Crohn, doença celíaca.

Em idosos, a gastrite atrófica e hipocloridria (por uso prolongado de omeprazol) reduz a acidez gástrica e também dificulta a absorção. Por sua rápida absorção e melhor adesão, também é preferida em pacientes com anemia sintomática, sintomas neurológicos ou neuropsiquiátricos, em crianças e em gestantes.

A via oral mostra-se igualmente efetiva na correção da anemia e de sintomas neurológicos em pacientes com boa adesão, apesar de ter custo maior. Pode ser usada naqueles pacientes assintomáticos com deficiência leve a moderada.